SINAIS SAGRADOS

SINAIS SAGRADOS

Autor(es):
Guardini, Romano
Editora:
SECRETARIADO NACIONAL DE LITURGIA
Código:
47536

De: R$ 35,60 Por: R$ 28,48 À vista: R$ 28,48

Comprar

Disponibilidade sujeito a confirmação em nossas filiais.


O prazo para confirmação de estoque em nossas lojas é de 3 dias úteis + o prazo de entrega da transportadora.




Em caso de indisponibilidade: Prazo para encomenda do produto com nossos fornecedores 120 dias úteis + o prazo de entrega da transportadora.

Disponibilidade sujeito a confirmação em nossos fornecedores.

Calcule o frete e o prazo de entrega:PrazoValor

A Liturgia trata de realidades sensíveis que nos desafiam a ver o invisível. Os sinais sagrados remetem, com efeito, para a sacramentalidade da Igreja, tanto nos Sacramentos como nos Sacramentais. A sensibilidade do ver, ouvir, tocar e sentir o bom odor ultrapassa a compreensão intelectual. O coração da Liturgia pulsa de modo particular nos Sacramentos, que a teologia clássica define como sinais sagrados e eficazes da graça, por realizarem aquilo que significam, razão pela qual alguns autores preferem falar de sinais sagrados ou litúrgicos. A própria Sacrosanctum Concilium, quando descreve a Liturgia, fala de sinais «sensíveis» (n. 7) e «visíveis» (n. 33), através dos quais é significada e realizada a santificação do homem, do modo próprio de cada um deles (cf. n. 7). «Por conseguinte, não é só quando se faz a leitura do que foi escrito para nossa instrução, mas também quando a Igreja reza, canta ou actua que a fé dos presentes é alimentada» (n. 33). Na verdade, as aquisições que emergiram gradualmente no decurso dos anos, a partir da renovação bíblica, patrística e litúrgica, tiveram influência na maneira de entender o universo dos Sacramentos e Sacramentais, como se adivinha ao ler a Sacrosanctum Concilium: «Os Sacramentais são sinais sagrados pelos quais, de certo modo à imitação dos Sacramentos, se significam realidades sobretudo de ordem espiritual, que se obtêm pela oração da Igreja» (n. 60). Como pensava o grande pedagogo da teologia e da celebração litúrgica Romano Guardini, e escreveu na primavera de 1927, «é pois necessário, antes de mais, apreender aquele acto vivo, pelo qual o fiel compreende, recebe e executa os santos "sinais sensíveis da graça invisível". Trata-se em primeiro lugar de "educação litúrgica", não de ensinamento litúrgico, embora este não se deva separar daquela» (p. 9). A formação litúrgica é, com efeito, de importância primordial. Contemplando os apoteóticos frescos de Miguel Ângelo que embelezam a Capela Sistina, podemos ver na magnífica cena da criação, o dedo dador de vida de Deus que se alonga e quase toca o dedo estendido de Adão reclinado, como uma imagem da Liturgia que nos toca em seus Mistérios. A Liturgia, fonte e vértice da vida e da missão da Igreja, realiza sacramentalmente a presença do mistério de Cristo ressuscitado nos sinais sensíveis e visíveis do rito e segundo uma linguagem aberta ao homem e às suas variáveis culturais. Esta publicação ou breves ensaios, como prefere chamar-lhe o próprio

Código de barras:
9789898293985
Dimensões:
21cm x15cm x1cm
Edição:
2
Marca:
SECRETARIADO NACIONAL DE LITURGIA
ISBN:
9789898293985
ISBN13:
9789898293985
Número de páginas:
80
Peso:
120 gramas
Encadernação:
BROCHURA
  • Nome do Autor GUARDINI, ROMANO